Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Um dia procurei-te

por ✓MS, em 12.06.16

Um dia procurei-te. Procurei por todo o lado, sempre sem sucesso, sempre com a esperança que amanhã seria o dia, mas o dia nunca mais chegava, o amanhã estava longe. Queria parar de procurar mas algo me fazia continuar numa nova tentativa. A procura por algo que pode ser tão bom e tão terrível, tão visível como silencioso. Procurei-te tanto que um dia cansei-me. Cansei-me de procurar pelo meu coração, pelos meus sentimentos que num dia longínquo cheguei a ter. Não encontrei e, finalmente, dei razão a teorias de que seria fria e sem sentimentos. Sem querer ser fria acabei, naquela altura, por não encontrar nada que comprovasse a inexistência desse gelo. Não me incomoda minimamente o "não ter sentimentos" perante a sociedade, o que incomoda verdadeiramente é existir alguém a fazer pressão por estar "sozinha".  É incrível como parte da sociedade tem a ideia de que só conseguimos ser felizes se estivermos ligados permanentemente a um outro alguém.

Quando não esperava algo mudou, foi como se o coração tivesse estado morto durante uns anos e de um segundo para o outro voltou a bater novamente. Não sabia, nem queria, explicar a situação. Habituei-me de uma forma sem igual a ser fria que se torna um tanto desconfortável mostrar qualquer tipo de sentimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens