Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quando me querem surpreender

por *Márcia S.*, em 14.07.17

Quem não gosta de surpresas? Principalmente se vierem de alguém de quem gostamos muito!Mas será que sou a única que tem algum problema surpresas, vindas de quem quer que seja? Serei a única curiosa, a única que "fica em pulgas" quando sabe ou desconfia que algo vai acontecer?

Eu cá tenho um problema com surpresas... Adoro ser surpreendida mas, por favor, quando me quiserem surpreender não me digam que estão a preparar algo para mim! Eu fico em pleno estado de nervos por querer saber tudo logo mal me dizem "estou a preparar algo para ti". Sim, sou bastante curiosa, muito mesmo" Podem surpreender-me mas, por favor, que seja 100% surpresa para eu não ser chata a perguntar sempre do que se trata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma mania que tenho

por *Márcia S.*, em 03.07.17

Dei por mim há uns dias a pensar em manias que tenho, e tenho várias diga-se de passagem, e uma delas foi a primeira a passar-me pela cabeça. Guardar "recordações" de coisas que fiz/vi/visitei. Por exemplo, ir ao cinema e guardar o talão para me lembrar mais tarde que aquele filme vi no cinema (como se me esquecesse que o vi lá, mas pronto... manias)! Estava eu a arrumar umas coisas minhas quando dei com uns quantos desses talões (não todos de cinema claro, de diversos locais onde fui) e por mais estranho que pareça parece que revivi em questão de minutos todos esses dias.

Por outro lado, tanto os guardo como passado um tempo volto a encontrar tais papeis e os deito todos fora. Portanto, a minha lógica deve ser guardar essas "recordações" temporáriamente?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Signos / horóscopo

por *Márcia S.*, em 09.02.16

Durante muito tempo tive vontade de ler o meu signo e não o fazia porque me diziam que dava azar. Tal como me disseram que dava azar ver o nosso horóscopo de dias anteriores e isso, por acaso, evito fazer. No entanto, por vezes, gosto de ir ver o que dizem que vai acontecer no meu signo naquele dia/semana. Não o faço todos os dias e passam-se meses sem o ler, mas é algo que gosto de ver. Não é que acredite em tudo ou ache tudo verídico, mas algumas coisas batem certo. Claro que muitas delas dependem do nosso esforço, afinal de contas nada vai cair do céu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Superstições

por *Márcia S.*, em 08.02.16

Que tal revelar algumas superstições que tenho? Sim, é verdade, sou supersticiosa! Mas não demasiado, sou com algumas coisas.
Por exemplo:

  • Não gosto de passar por baixo de escadas;
  • Evito partir espelhos. Livrem-me de ter 7 anos de azar, segundo dizem;
  • Não deixo o calçado virado ao contrario (coisas que a minha querida mãe me meteu na cabeça e sempre cumpro!);
  • Não deixo os cordões do calçado amarrados (mais coisas da mãe);
  • Não deixo a carteira (mala,bolsa, como preferirem, eu chamo-lhe carteira) no chão. Segundo dizem, é dinheiro a menos e não vá o diabo fazer das dele... ahah)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A boazinha acaba sempre por vencer

por *Márcia S.*, em 02.02.16

Sempre admiti que tinha o meu lado boazinha e o meu lado de mazinha, e não tenho problema alguém em que vejam o meu lado mau porque tenho ambos os lados e não apenas um. Não sou boazinha a 100% nem mazinha a 100%. Lógico que há alturas que prefiro mostrar um deles e outras o outro lado, no entanto conforme as pessoas me vão conhecendo vão vendo em simultâneo os meus lados e não tenho medo de os esconder como outrora tive. Não tenho medo de mostrar que por vezes consigo ser cruel com quem já me fez algo de mal ou ser demasiado fria em certas ocasiões. Disseram-me um dia que sou uma pessoa bastante fria. Talvez até seja, para quem não me conhece. Para quem não me conhece, não entende certas opiniões que tenho nem certos comentários mais cruéis que posso fazer, mas afinal quem nunca fala/comenta? Nunca disse ser santa, sempre prometi ser eu mesma e sempre referi ser jogadora com certas pessoas que o merecem.

Indo mais de encontro com o assunto da publicação, recentemente o meu lado "boazinha" tem dado mais frutos que o lado "mazinha". Pessoas que me viraram costas, quando sempre se disseram minhas amigas, de um momento para o outro recomeçam agora a falar-me como se nada se tivesse passado. Como se ainda ontem fossemos grandes amigos, e nada tivesse mudado. Talvez para a pessoa em questão não tenha mudado nada, visto ter sido uma pessoa completamente influenciada por terceiros. Para mim, mudou tudo. Costumo pensar que comigo está quem eu deixo entrar no meu mundo. Se abri as portas do meu mundo para alguém entrar, não admito faltas de respeito nem que se afastem "porque sim". O que acaba por acontecer nessa situação é que o meu eu boazinha, acabou por agir naturalmente, falar normalmente e fazer como se nada tivesse acontecido e tivesse acabado de acordar de "um sono profundo". Onde ficou o meu lado mazinha afinal, quando era preciso entrar em acção?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens