Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


Eu nasci para me agradar

por *Márcia S.*, em 23.07.19

Para mim faz todo o sentido que nos queiramos agradar a nós mesmos antes de querermos agradar a qualquer outra pessoa. Faz parte gostarmos de ser aceites por terceiros, gostarmos de sentir que alguém nos ame, que alguém goste de nós. Mas principalmente tem de fazer parte o nos agradarmos a nós mesmos! Não só te de fazer parte como deve! E mais uma vez vem aquela velha máxima de "se não gostarmos de nós quem vai gostar?". Cada vez mais penso no assunto e chego na conclusão de que nós temos de nos agradar a nós mesmos primeiro para depois nos saber bem o facto de agradarmos a alguém!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu foco e objetivo

por *Márcia S.*, em 22.07.19

Como em tudo na vida, ao longo dos anos (e muitas vezes meses), vamos mudando os nossos objetivos e focos. Sejam eles a nível pessoal, profissional, não importa! A certo ponto os meus iam alterando mas rodavam muito dentro dos mesmos assuntos. Mas, neste momento que apesar de nova o peso da idade também começa a contar, o meu foco principal é arranjar meios e forma de me juntar com aquele que é (e hoje posso afirmar que sempre foi, vendo agora tudo de outro prisma sobre o meu passado) com o homem da minha vida. É nisso que me tenho focar quando estou mais triste, desanimada e a precisar de algo para me "animar". Sim, pensar neste meu objetivo ajuda-me a animar, muito muito mesmo! É algo que desejo há tanto tempo que no dia que acontecer irei achar que estou a viver uma especial de sonho no mundo real!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desabafos de autocarro

por *Márcia S.*, em 04.06.19

Este fim de semana fui sair e, como habitual, apanhei transportes públicos. Como também acaba por ser algo normal e muitas vezes frequente, as senhoras já com alguma idade acabam por meter conversa seja lá porque motivo for. Desta vez a senhora que me falou dizia-me que com este calor lhe sabia bem era ir para a praia, que adora praia mas que já não vai mais. Normalmente não costumo dar muita conversa, mas esta senhora tinha um olhar triste quando falava. Um sorriso meio forçado e um olhar bem triste. Acabei por lhe dizer para ir, já que lhe sabia bem. Ao que ela me responde  que deixou de ir para a praia porque tem vergonha dela mesma. Vergonha do corpo que tem por ser (palavras da senhora) gorda e ter as pernas roxas das varizes. Aí acabei por a encorajar mais a seguir o que realmente a faz sentir bem. Se gosta de praia, se ir para a praia a faz sentir bem porque não? Dizia-me ela que era o receio de olharem para ela. Por fim acabou por dizer que o marido lhe teria dito que tinha umas pernas horríveis. 

Quando ouvi tal coisa fiquei perplexa! Como assim o marido lhe disse isso?! Como assim ela deixa de ir fazer algo que a faz sentir bem com receio de algo por ter ouvido tal coisa do MARIDO?? Em seguida brincou a senhora "também lhe digo menina, nunca mais me viu as pernas, não gosta nem lhe mostro nada!". Confesso que no meio de tudo isso ainda foi o que me fez esquecer um pouco a parte anterior e rir um pouquinho! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passeios na praia

por *Márcia S.*, em 03.06.19

Com o bom tempo que tem estado acaba por saber bem estar no fresquinho. Mas não necessariamente temos de ficar em casa trancados. Já não ia dar uma volta pela praia faz algum tempo e acabei por ir passear um pouco com o namorado. Sabem aquela sensação de se sentirem mesmo mesmo em paz? Foi assim que me senti com ele a passear! Extremamente tranquila, em paz, serena e muito mas muito feliz!

Percebemos os dois que é algo que nos fez/faz bem fazer em conjunto e com toda a certeza iremos repetir mais vezes!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que leva uma empresa a fazer isto?

por *Márcia S.*, em 17.05.19

Hoje em dia é recorrente vermos e ouvirmos indivíduos que não estão a trabalhar numa área, ou mesmo empresa, que gostem. Apenas se vão mantendo lá porque realmente precisam do que lá ganham ao fim do mês. Claramente que as empresas sabem disto, e fazem uso disso mesmo para se aproveitarem dos seus funcionários da forma que lhes é mais conveniente. Grande parte deles o faz porque sabe que não vai perder os seus funcionários, pois eles precisam realmente daquele dinheiro e não vão arranjar facilmente outro trabalho. No entanto, e ainda assim, adorava saber o que leva uma empresa (independentemente do seu ramo) a ter certas políticas dentro dela. Como por exemplo "só podemos dar uma folga por semana". Claramente que só aceita quem quer as condições apresentadas. Suponho é que, enquanto houver quem "aceite tudo", as empresas vão sempre continuar a agir da mesma forma. Por outro lado, ou se aceita essas condições ou se continua no desemprego por mais um tempo (seja ele curto ou longo). Acaba por se tornar numa bola de neve. Se há quem não queira trabalhar (porque que os há lá isso há), também há quem queira ter tudo em troca de nada (referindo-me agora a empresas, muitas delas grandes empresas!).

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens