Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


Retrospectiva musical

por *Márcia S.*, em 19.12.19

Não sabia que o spotify nos fazia chegar via e-mail uma retrospectiva musical do que fomos ouvindo mais ao longo do ano, desde musicas a artistas. 

Ao que parece ouvi imenso James Arthur e Diogo Piçarra, entre outros artistas portugueses como de fora. Descobri que ouvi artistas de 22 países diferentes e até que foi a primeira vez que ouvi um podcast, nem eu sabia o que era tal coisa! 

Não foi dos anos que ouvi mais música no spotify mas deu quase dois mil minutos a ouvir música este ano, fiquei pasmada com o tempo que ouvi mesmo sabendo que tive imenso tempo sem ouvir música!

Autoria e outros dados (tags, etc)

A cidade no Natal, ou o Natal na cidade?

por *Márcia S.*, em 18.12.19

Acreditam se vos disser que, que me lembre, nunca fui ver os enfeites de Natal na baixa da cidade? Há anos que a minha irmã até pede aos pais para o fazerem mas o meu pai não dá assim muito valor a isso. Até eu mesma não costumo dar. Tanto é que não me recordo de o ter feito alguma vez.

No entanto este ano está a dar-me um certa vontade de arriscar e "aventurar-me" a ir ver assim só por mera curiosidade. O que me deixa mais reticente é mesmo o facto de saber que é mais bonito ver durante a noite por causa das luzinhas e afins. E não sei se já repararam mas durante a noite é quando faz mais frio, e se for um dia chuvoso pior ainda. Já disse hoje que detesto chuva e frio? Pois, é isso... eu detesto o frio e a chuva e saber que para ir ver algo que até pode ser muito bonito mas que posso passar um frio de morrer... não sei não!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu lado mais chato do Natal!

por *Márcia S.*, em 03.12.19

No Natal há algo que gosto, especialmente por se juntar a outro tema que também adoro. A decoração! Adoro decoração e as cores alusivas a esta época festiva acabam por tornar a casa com um ambiente completamente diferente e distinto do resto do ano todo. No entanto, há algo que me chateia assim um bom bocadinho em termos de decoração no Natal. A decoração da árvore de Natal e toda a sua montagem é algo que me deixa um bocadinho irritada. Normalmente deixo que a minha mãe se encarregue disso pois eu confesso que detesto montar a árvore de Natal (então quando se trata de desmontar tudo o que é alusivo ao Natal, dá-me assim algumas dores de cabeça). A minha mãe gosta de ter tudo direitinho ao milímetro na árvore de Natal, eu já não sou tão minuciosa por isso chocamos um pouco nesse sentido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não te fiques pela metade

por *Márcia S.*, em 16.11.19

Durante muitos anos contentava-me com pouco. O mínimo era suficiente para mim. Não tinha ambição, não tinha grande vontade de querer lutar mais por algo que quisesse muito. Se não fosse fácil de alcançar nem faria parte dos meus planos. Talvez algo pelo que muitos passam em certos momentos da vida, ou pelo menos alguns. Ou talvez tenha sido só eu!? 

Ao longo do tempo os bocadinhos não me chegavam. Fui querendo mais e mais, e melhor! Não que me tivesse tornado gananciosa, apenas não me queria contentar com pouco, não queria metades!

Merecemos sempre algo melhor e principalmente por inteiro! 

Independentemente de conseguir alcançar os objectivos, sabe bem sentir que se está a lutar por algo que desejamos. Concretizar será, talvez, o próximo passo! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Relação com chefes/patrões

por *Márcia S.*, em 29.09.19

O mundo do trabalho tem muito que se lhe diga, não só relativamente ao trabalho em si ou aos colegas de empresa, mas também com os nossos chefes/patrões. Posso dizer que já tive muita sorte como muito azar no que toca a bons e mais chefes. Já tive superiores que eram uns óptimos líderes, seria um gosto que fossem eles no cargo acima como chefe directo meu. Mas, por qualquer razão, quando algum ser humano sabe liderar mesmo bem uma equipa e ser humano o suficiente, mesmo impondo regras, raramente está a chefiar uma loja/empresa inteira. Infelizmente, pois seria excelente para os funcionários irem trabalhar com muito mais gosto!

De qualquer forma, e apesar de também ter tido chefes e superiores que não valiam rigorosamente nada (pois não se preocupavam minimamente com o bem estar dos seus funcionários e só olhavam para o seu próprio umbigo), também tive bons chefes! E, acreditem, é gratificante ver que um superior nosso reconhece o nosso trabalho e esforço. Independentemente de ele vir ser recompensado de alguma forma (claro que isso é bom, mas a questão agora não é essa), reconhecerem o nosso esforço é algo extremamente importante e que deixa felizes os funcionários! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens