Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


E se um chefe te disser isso?

por *Márcia S.*, em 05.08.19

Não sei se é defeito ou feitio, mas em termos de chefias no local de trabalho já presenciei o 8 e o 80. Já tive chefes extremamente porreiros como já tive chefes extremamente sem noção! Há uns longos meses atrás quando em conversa com um desses chefes sem noção alguma estávamos a conversar sobre desmotivação e afins, ele saiu-se com uma pérola. Uma pérola daquelas que ficamos sem saber se respondemos ou se deixamos passar. 

No meio da dita conversa, esse chefe resolve dizer "vai para o ginásio, vais ver que a emagreceres a tua motivação no trabalho muda logo. Olha que eu tive uma depressão e passou logo a frequentar o ginásio". Entendia o que queria transmitir caso estivéssemos a falar de algo de foro pessoal. Porém, e relativamente ao assunto que estávamos a tratar naquele momento, foi completamente despropositado e sem noção. Sabem aquelas pessoas que têm culpa de algo estar a acontecer, mas tentam dar a volta a todo o discurso de forma a que a culpa vá parar a terceiros? Assim é ele. Tal e qual, sem tirar nem pôr!

A mente comanda o corpo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os resultados nem sempre são o que esperamos

por *Márcia S.*, em 13.04.16

Desde que comecei a fazer os possíveis para emagrecer, aprendi algo extremamente importante (a meu ver) que todo o ser humano deveria aprender: ser paciente! E ser paciente porquê? Porque os resultados não aparecem do dia para a noite, não existe nenhuma fórmula mágica que nos vai fazer emagrecer X peso em X tempo, só porque nós queremos. O resultado do peso perdido é uma junção de variados factores como por exemplo a dedicação, esforço, motivação, entre outros. Nem todos conseguimos os mesmos resultados no mesmo período de tempo. Nem tudo funciona bem, ou de igual forma, com toda a gente. Só porque o vizinho do lado conseguiu atingir o que pretendia num determinado tempo, não significa que nós também sejamos capazes de o fazer, nos mesmo moldes que o nosso vizinho.

Nem sempre os resultados que tanto ansiamos aparecem da forma, e no tempo, que nós desejamos. Também tudo, ou quase tudo, vai depender do nosso empenho para com o nosso objectivo. Também existe uma considerável percentagem que devemos ter em conta: como o nosso corpo vai reagir ao que temos proposto para "lhe fazer". Acho sempre importante não criarmos metas demasiado "estranhas", de forma a não nos desiludirmos mais tarde. Da mesma forma, acho importante não desanimar e continuar a lutar, mesmo que o resultado não tenha sido o esperado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Grão a grão... vou ficando feliz!

por *Márcia S.*, em 11.04.16

Por vezes ando a ler artigos ou depoimentos sobre pessoas que também estão em fase de emagrecimento, ou estiveram, e quando vejo bem essas pessoas perderam em 1 ano o que eu perdi em 2. Não quer dizer que alguma das partes esteja a fazer algo de errado (também depende se colocamos metas e realmente as cumprimos), simplesmente fazemos escolhas diferentes e temos corpos diferentes. Certamente teria conseguido perder num ano o que perdi em dois, se tivesse feito mais esforço claro. Mas estou feliz com os meus resultados na mesma. No meu caso em particular, se num mês eu perder 1 quilo ou 500 gramas, vou ficar feliz de ambos os resultados. Ficaria triste se tivesse ganho peso, isso seria um retrocesso ao meu esforço. Se não perder peso mas mantiver o peso do mês anterior ficarei feliz também. Quando chegar ao peso em que ache estar bom para mim, terei de o manter, por isso mesmo fico feliz mesmo que apenas mantenha o peso (significa que provavelmente no final da caminhada, estarei preparada para o manter). Por estes mesmos motivos vou ficando feliz de cada passo que dou mesmo que pequeno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cheguei tão longe

por *Márcia S.*, em 25.03.16

Estive a ver fotografias antigas. Fotografias minhas, já com alguns anos. Fiquei a pensar em como poderia estar eu hoje, se tivesse começado a batalhar contra a perda de peso naquela altura. Apesar de gostar de fazer as coisas com calma, habituar-me melhor a cada dia e perder peso aos poucos, sem grandes pressas, foi algo que me passou pela mente. Não posso negar que fiquei um pouco "escandalizada" com a diferença que vejo no meu corpo comparando essas fotografias com o que estou hoje. Não deixo de achar estranho ver-me daquela forma naquelas fotos.
De qualquer forma, faz-me bem ver esta, antiga, realidade. Dá-me mais força para continuar, para lutar sempre para atingir todos os meus objectivos e sonhos. É extremamente bom ver as mudanças, positivas, que tive até hoje e são essas mudanças que também me dão mais força para superar as diferentes adversidades que se vão atravessando no dia-a-dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Benefícios do exercício físico

por *Márcia S.*, em 13.03.16

  • Diminui o risco de morte prematura

  • Reduz o risco de doenças cardíacas

  • Menor probabilidade de ter um AVC

  • Aumento do colesterol benéfico

  • Ajuda a reduzir os níveis da tensão arterial alta

  • Menor risco de desenvolver diabetes

  • Ajuda a perder peso

  • Melhora a saúde mental

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens