Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


Relação com chefes/patrões

por *Márcia S.*, em 29.09.19

O mundo do trabalho tem muito que se lhe diga, não só relativamente ao trabalho em si ou aos colegas de empresa, mas também com os nossos chefes/patrões. Posso dizer que já tive muita sorte como muito azar no que toca a bons e mais chefes. Já tive superiores que eram uns óptimos líderes, seria um gosto que fossem eles no cargo acima como chefe directo meu. Mas, por qualquer razão, quando algum ser humano sabe liderar mesmo bem uma equipa e ser humano o suficiente, mesmo impondo regras, raramente está a chefiar uma loja/empresa inteira. Infelizmente, pois seria excelente para os funcionários irem trabalhar com muito mais gosto!

De qualquer forma, e apesar de também ter tido chefes e superiores que não valiam rigorosamente nada (pois não se preocupavam minimamente com o bem estar dos seus funcionários e só olhavam para o seu próprio umbigo), também tive bons chefes! E, acreditem, é gratificante ver que um superior nosso reconhece o nosso trabalho e esforço. Independentemente de ele vir ser recompensado de alguma forma (claro que isso é bom, mas a questão agora não é essa), reconhecerem o nosso esforço é algo extremamente importante e que deixa felizes os funcionários! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lidar com críticas

por *Márcia S.*, em 12.09.19

Nem sempre soube lidar com críticas (e não me refiro a críticas construtivas, essas até agradeço que me façam). Antigamente, assim há uns bons anos atrás, eu ficava dias a pensar nelas. Por vezes era capaz de chorar só porque me criticaram de alguma forma. Devido a ter sido insegura durante tantos anos, acabou por me tornar um tanto "vulnerável" quando recebia alguma crítica. 

Hoje em dia, já com alguma bagagem e com boas pessoas em meu redor, acabo por saber lidar melhor com tais situações. Com o tempo sabemos como nós próprios conseguimos lidar com as coisas. 

Acima de tudo, nós sabemos o que somos! Independentemente do que nós digam. É sempre bom seguir em frente com um sorriso e paz no coração! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cabelos curtos vs cabelos compridos

por *Márcia S.*, em 17.08.19

Pessoalmente andei uns anos que não queria cabelo curto em mim mesma. Olhava as minhas fotografias de criança e via-me com repas e cabelo curtinho e não sei porquê, não gostava nada! Conclusão? Passei a adolescência a preferir o meu cabelo dos ombros pra baixo, SEMPRE! 

Há uns anos, já cansada do meu cabelo ser comprido (apesar de o ir cortando e até por vezes lhe fazer um corte diferente, mas a nível de tamanho era sempre dentro do mesmo), decidi mudar. Digamos que eu usava o cabelo "médio". Não era curto, mas também não era extremamente comprido. 

Fartei-me e decidi cortar. Fui até ao cabeleireiro (digamos cabeleireira, pois era, e ainda é, uma mulher) e pedi que cortasse o cabelo. A primeira vez que fui naquela cabeleireira tive um misto de amor - ódio perante ela. Pois, ela foi eficaz no que fez, porém adorava (e ainda adora) cortar até mais não! Ora bem, o meu cabelo é liso mas com alguma ondulação. Basta um bocadinho de vento que ele encolhe logo um bocado. Basta eu lavar que ele depois de seco encolhe logo um bocado. E senti que a cabeleireira não teve isso em atenção quando cortou o cabelo. De qualquer maneira, habituei-me tão bem a ter cabelo curto que nunca deixei de lá ir. Continuo até hoje a frequentar a mesma cabeleireira, principalmente para deixar o meu cabelo curtinho. Tenho usado o meu cabelo com o mesmo penteado há mais de ano e meio, sempre o mesmo (e tem sido o mais curto de sempre!). Além do mais já lá pintei o cabelo e ela tem sido sempre excelente no trabalho que faz comigo, sendo que para o trabalho bem feito que faz não leva nada caro! Nunca vi ninguém da área que fizesse preços competitivos com ela, e já vi montes de salões a fazer o mesmo que ela (e muitas vezes não tão bem feito ou com qualidade inferior) e a pedir bem mais dinheiro por esse trabalho! 

Conclusão, hoje adoro cabelo curto e não o troco por cabelos compridos!! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A realidade do que queria o mês passado

por *Márcia S.*, em 11.08.19

Em Julho falei com o namorado para em Agosto fazermos praia juntos. Até aqui tudo bem! 

Chegamos a Agosto e não há praia porque o tempo assim não quer! 

Onde anda o verão afinal? Quando posso aproveitar o verão ele não existe, quando não o posso aproveitar, anda um calor dos diabos! 

Vai-se lá entender este tempo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Verão por onde andas?

por *Márcia S.*, em 06.08.19

Será que 2019 vai ser um ano como há uns anos atrás que entre outubro e dezembro tivemos até temperaturas agradáveis para o "normal" desses meses? Este verão já teve dias extremamente quentes sim, mas também dias assim para o "mais do mesmo" ou "normais" que uma pessoa não sabe se leva o guarda chuva na carteira ou se o deixa em casa. Hoje por exemplo, estava eu a vir para casa, apesar do nevoeiro até estava um ar quentinho, mas começa a chover. É verdade que não choveu assim como se fosse um dia de inverno, mas choveu... E logo eu que detesto chuva! Se em criança me viessem dizer que depois de adulta ia odiar chuva eu juro que não ia acreditar. Em tenra idade adorava chuva e andar de guarda-chuva atrás! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens