Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


Numa altura que estamos a tentar voltar a uma possível normalidade, julgo que ainda a meio gás, decidi fazer uma retrospectiva de toda a pandemia que vivemos e ainda vamos vivendo. A situação económica não foi (e não é) de todo a melhor e o desemprego sofreu imenso com tudo isto, tal como muitas das pessoas que se sentiram numa posição de desemprego e em simultâneo sem saber como fazer face a despesas e arranjar emprego de novo. Arranjar novo emprego não foi fácil, e veremos se será menos difícil nos próximos tempos. 

Durante esta altura de pandemia fui estando atenta a todas as publicações de anúncios de emprego que foram sendo publicados de forma a perceber o que estava ainda a funcionar, quer fosse a meio gás ou com toda a força. 

A área da saúde e as empresas de supermercados foram duas das principais áreas que continuaram a contratar, provavelmente a um nível bastante superior ao habitual. Foi logo das principais áreas que notei que realmente publicavam anúncios de emprego e que iam contratando. 

A área da restauração, apesar de trabalhar a menos que meio gás só com o serviço de entrega em casa ou de nos deslocarmos para ir buscar a nossa comida sem permanecer no local foi também das poucas áreas que se mantiveram activas. Um ou outro anúncio desta área mas não tanto como as áreas referidas anteriormente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arrumações na quarentena

por ✓MS, em 08.05.20

A altura de quarentena foi ideal para fazer arrumações que se andavam a adiar. Acabamos por deixar tudo num ambiente mais limpo e bonito. E, muitas vezes, encontramos coisas que já nem sabíamos que tínhamos guardadas. Uma boa altura para "destralhar" e deitar fora (doar o que está boa ou vender, o que está estragado ir mesmo para o lixo) aquilo de que não precisamos realmente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ver televisão na quarentena

por ✓MS, em 07.05.20

Há uns largos anos que não era fã de televisão. Agora, nesta altura de quarentena e enquanto estivemos em estado de emergência, muito menos tenho vontade de ver! É bom estarmos informados, claro que sim. É bom sermos actualizados, claro que sim! Mas 24h a ouvir falar desta desgraça deixa uma pessoa ainda mais stressada. Optei por me manter informada lendo as noticias online e muito, mas mesmo muito, raramente vejo as notícias na televisão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O fim do estado de emergência

por ✓MS, em 06.05.20

O fim do estado de emergência no nosso país, afinal está tudo bem?! NÃO! Não está tudo bem, e muito sinceramente não vai estar tudo bem a 100% tão cedo. Não esperem que o fim do estado de emergência signifique que podem sair para a rua para grandes passeios. Não vos vão proibir, é uma realidade. No entanto, esperem para ver se não iremos voltar a subir a quantidade de pessoas contaminadas. Para sairmos de casa com alguma tranquilidade temos de ter todos os cuidados que já estávamos (ou devíamos) a ter e mais alguns. Não se esqueçam que muitas e muitas pessoas  estavam contaminadas com o covid-19 e não tinham qualquer sintoma. Isto não é brincadeira e, acreditem, estar numa cama de hospital principalmente nesta altura não é algo que nenhum de nós vai querer presenciar. 

É normal que agora muitos já tenham de sair de casa, muitos estabelecimentos reabriram por isso muitos tiveram de voltar a sair de casa para retomar o trabalho. Tudo bem, é necessário aos poucos retomarmos a nossa "vida normal". Mas, será que alguma vez voltaremos a ter uma vida normal? Sim, não hoje nem amanhã, nem tão breve quanto gostaríamos. No entanto, até que tudo esteja mais seguro (sim, porque não estamos em segurança ainda a sair de casa, podem estar cientes disso), cumpram com o que vos é pedido. É o mínimo que podem fazer para que continuem a poder sair de casa tranquilamente (dentro dos possíveis) e não serem surpreendidos com um teste positivo neste virus que ninguém quer apanhar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Numa altura difícil como está a passar o país e a termos de evitar sair de casa, até para fazer compras existem empresas que nos trazem encomendas a casa de tudo o que precisarmos. É o caso da mercearia/loja online Magia Doce. Uma empresa portuguesa que nos permite fazer encomendas de produtos alimentares, higiene, doçaria, decoração para festas e até cabazes alusivos a festividades. 

 

Se pesquisarem na página encontram imensa variedade e inclusive produtos congelados, como por exemplo brownies e até pão com chouriço! Confesso que fiquei curiosa e tive de experimentar os brownies, visto ser tão gulosa. Porém, irei experimentar também tantos outros produtos que certamente irei encomendar. 

 

Fiz então uma encomenda. A minha opinião foi 100% positiva! Além da simpatia extrema no apoio ao cliente, os produtos chegaram mesmo em 24h e muito bem embalados. Isto é algo que dou imenso valor! 

IMG_20200417_145122.jpg

Além disso, é uma empresa portuguesa que se esforça para que nos chegue a casa os produtos que precisamos sem termos de ser nós a sair nesta altura de quarentena! Especialmente nesta altura, e deveria ser regra e não exceção, devemos apoiar comerciantes e empresas portuguesas! 

Experimentei e recomendo, experiência 5 estrelas! 

Se forem do porto conseguem a vossa encomenda em 24h. No entanto, eles fazem envio para Portugal continental e arquipélagos!

 

Em breve, aqui no blog e no Instagram, alguns dos produtos em maior pormenor! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens