Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.


Digam-me que não sou a única

por ✓MS, em 29.07.20

Ultimamente, não sei se será do calor mas possivelmente sim, qualquer coisa que eu acabo por comer me deixa logo cheia. Estou com fome, vou comer e acabo a comer menos de metade do que o normal porque me sinto logo extremamente cheia. Se calho de "exagerar" parece que fico logo inchada. 

Chego mesmo ao ponto de saber que, por exemplo, são hora de jantar e acabar por não comer porque me sinto muito cheia. 

Há por aí mais alguém assim?? 

Acho que é desta que reduzo permanentemente na quantidade de comida que vou ingerindo ao longo do dia. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há alturas na vida que nos faz bem espairecer, colocar as ideias em ordem e desanuviar. Depois de tanto tempo fechados em casa, ou de acumular imenso o stress, faz bem fazer algo que nos vá fazer sentir melhores connosco próprios. 

Pessoalmente gosto de passear com o meu namorado. Além de conversarmos sobre tudo e acabar por ter a perspectiva dele sobre tudo, incluindo os meus pensamentos, passeamos pelas zonas que nos apetece e gostamos. E o ar puro faz-nos tão bem! 

Um dos locais que gostamos de visitar nos últimos tempos foi a ribeira, e ter as vistas privilegiadas para o nosso rio Douro! 

 

IMG_20200630_150716.jpg

IMG_20200630_150903.jpg

 

 

Já conhecem o Instagram @na1pessoa?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nesta fase de quarentena, em que grande parte ficou em casa e muitos outros ainda continua em casa, há e houveram muitas coisas que custaram. Não, não é o não ter ido ao cabeleireiro, eu prórpia dei um pequeno corte no meu cabelo durante a quarentena! O problema é estar em casa? Creio que ao fim de muitas semanas em casa uma pessoa tem aquela sensação de já não ter nada para fazer. Mas, se pensarem bem há uma imensidão de coisas que podem realizar em casa. Afinal de contas, muitos quando estavam a trabalhar desejavam ter tempo para estar mais em casa a descansar. Já descansaram tudo? então podem avançar para outras coisas EM CASA que podem fazer. Não precisam de limpar a casa 24h por dia, também não precisam disso. Mas há sempre alguma coisa para arrumar. Já abriram a vossa dispensa? Está tudo arrumadinho ou será que podem ainda arrumar qualquer coisa que certamente vos vai ocupar por volta de 1h talvez?!

Na minha opinião pessoal, tendo em conta a minha experiência, não me custa estar em casa, até porque é algo de que gosto e sempre gostei. O que mais me custou foi ter de ter estado este tempo todo, e ainda estou, sem ver o meu namorado. Algo que acontecia todos, ou quase todos, os dias. Tinhamos uma vida que encaixava bem uma no outra e conseguiamos ver um ao outro frequentemente. Do nada, tivemos de nos "separar". Sim, há coisas muito piores claramente que sim. Mas tendo em conta que o tema é o que mais custou  na fase de quarentena deixar de fazer, isso foi do que mais me custou pessoalmente. Há outras coisas que consequentemente aconteceram na minha vida, é uma realidade. Mas não é algo que seja da minha vontade partilhar, pelo menos hoje ou para já.

 

Já seguem o Instagram do blog? @na1pessoa

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu herói está de parabéns

por ✓MS, em 30.04.20

O meu herói, entenda-se como meu namorado e mais que tudo, está de parabéns. Não só porque é o seu dia de aniversário mas também por tudo o que tem feito por mim, por tudo o que tem sido para comigo. Tem sido incansável com o mau feitio aqui da namorada, o mau humor constante das últimas semanas e a má disposição maioritariamente diária. Tem sido realmente, além de namorado, o melhor amigo do mundo, o melhor companheiro e o melhor ouvinte do mundo! 

Não é exagero quando digo que nunca conheci alguém assim, tão maravilhoso. Sei que a perfeição não existe, mas se por algum momento existisse teria o nome dele certamente! 

Estou e estarei sempre muito grata por ter este homem na minha vida todos os dias!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma crise de cabelo e pele

por ✓MS, em 28.04.20

Há algum tempo que ando a ter umas verdadeiras crises tanto com o meu cabelo como com a minha pele. Já tenho há imenso tempo os problemas que vos vou descrever, no entanto, agora na quarentena talvez tenha de lidar mais com eles devido a ter mais tempo para estar atenta a certas coisas que não dava atenção antes.

Em relação ao meu cabelo, tenho imenso um amor ódio por ele. Ele é oleoso e muito sinceramente ainda não encontrei um produto que me lave bem o cabelo ao ponto de eu não ter de o lavar TODOS OS DIAS por ele ficar oleoso de um dia para o outro. Por outro lado, como o meu cabelo é assim mais fino, acaba por embaraçar facilmente, o que faz com que muitas vezes se torne difícil de o pentear. Sim, posso usar um amaciador ou uma máscara que o deixe mais macio e que torne mais fácil de pentear. Porém, o meu cabelo é oleoso e sempre que experimento um desses produtos corre mal. Ele continua oleoso, e por vezes ainda fica oleoso mais rápido que o normal. 

 

Quanto a "uma crise de pele", estamos com um caso "problemático". A minha pele do rosto é mista a oleosa. As minhas pernas têm pele seca. O resto do corpo tem pele normal. E desta esperavam? Praticamente a parte mais complexa da minha pele é o rosto. Não encontro um único creme, máscara ou esfoliante (não importa, não encontro nadinha) que funcione realmente. Ora fazem efeito apenas quando coloco e passado pouco tempo já  tenho a pele literalmente uma porcaria. Ou não sinto diferença rigorosamente nenhuma! 

 

Torna-se um pouco frustrante querer ter um cabelo e pele "normal" e não conseguir porque não acerto em produto nenhum!

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens