Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O que os pais deviam saber/fazer

por ✓MS, em 12.07.15

Estava eu a pensar, visto ter passado pela adolescência e ter passado por alguns destes problemas ou ter visto amigos/colegas com esses problemas, e decidi escrever sobre o tema.

É apenas o meu ponto de vista e não uma "lei" a ser cumprida, pois cada caso é um caso.

  • Não menosprezar os problemas dos filhos só porque "são miúdos" ou porque acham que não são problemas a sério. Para os jovens/adolescentes os seus problemas são mesmo reais, por mais parvos que pareçam.
  • Normalmente os adolescentes não contam aos pais os seus problemas. Muitas vezes por "medo" de não serem compreendidos. Se contarem, esperam ser entendidos, compreendidos e ajudados. Caso os pais não tentem entender, correm o risco (isto é certinho e direitinho) de os filhos não voltarem a recorrer a eles para desabafar os seus problemas. Não são muitos os jovens/adolescentes que recorrem aos pais para desabafar por já terem desabafado com eles e não terem sido levados a sério ou por medo de não serem compreendidos. Aí, acabam por recorrer aos amigos que certamente vão entender. (não é que seja mau recorrer aos amigos, mas os pais deveriam ser os primeiros a entender os filhos e tentar ajudar)
  • Não ter tempo pode ser um problema. Qualquer um quer ter um pouco do tempo dos pais para si.
  • Se não tiverem tempo para eles e não querem saber dos seus problemas, não se queixem que eles passam o tempo todo no quarto, com o computador ou telemóvel. Fazem bem (muito bem até) em queixarem-se desses aspectos quando se esforçam para se relacionarem com eles e são os filhos a se afastar. A relação tem de partir de ambos os lados.

É errado, no meu ponto de vista, ignorarmos um problema de alguém (seja ele infantil ou não) que nós amamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens