Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


.


Não deixar nada por dizer e fazer

por *Márcia S.*, em 22.12.15

Não sou pessoa de me deixar dominar pelo medo. Já fui, é certo, mas hoje não sou mais. Medos posso ter, porém passageiros! Quando algum aparece, o maior gosto que posso ter é dar a volta por cima.

Mas um dos maiores que tenho é, sem sombra de dúvidas, o medo de deixar algo por dizer ou fazer. Não me faz viver em sua função, nem eu deixaria. Faz-me ser cada vez mais cautelosa com o que ou dizendo e fazendo, tendo sempre em mente que não devo deixar nada por dizer/fazer.

Se há coisa cruel, para mim, é olhar para trás e ver que existem lacunas. Olhar para trás e ver que tudo o que sentia não foi dito nem transmitido. Não foi por... nem eu sei bem definir ao certo o porquê. Foi tudo e ao mesmo tempo não foi nada.

 

O ideal nesta vida seria mesmo não deixarmos nada para amanhã, porque amanhã...

Amanhã pode ser tarde de mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



1 comentário

Imagem de perfil

Andy Bloig a 22.12.2015

Já sabes a minha opinião sobre isso, pelo menos numa situação... fiz aquilo que dizes não querer fazer.

Muitas vezes, até se tinha razão para não dizer ou fazer algo... outras, não era necessário. Só, muito, tempo depois se pode notar que aquele momento até podia ter sido feito ou dito, porque não alteraria nada.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens