Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


.


Muito lamechas, talvez?!

por *Márcia S.*, em 02.02.19

Há anos atrás deixei de acreditar no amor verdadeiro. Também devido a não ter tido relações amorosas, na altura tinha tido uma, como tantas outras pessoas da minha idade que grande parte delas já contava imensas relações (não que isso seja bom, pelo contrário, nunca achei bonito a miúdas com os seus 16 anos a contarem 5 ou 6 namorados, que sim existem esses casos). Porém a baixa auto-estima era algo que predominava na minha vida, o que me levava a crer que o amor não era para mim. 

No meio de "amores e desamores", conheci a pessoa que posso dizer que é a pessoa mais maravilhosa que já conheci na minha vida. Sabem quando conhece uma pessoa que, aos poucos, vos torna mais confiantes, vos admira e gosta de vocês como são... é uma sensação maravilhosa.

Confesso não ter sido fácil, ambos estávamos com medo de sair magoados, mas talvez tenha sido isso que nos fez ser mais cuidadosos um com o outro e com uma pitada extra de romantismo. Se já o éramos antes, agora somos ainda mais. Ao fim de um ano, e que venham tantos outros iguais ou melhores (se assim for possível), posso garantir que me sinto uma mulher extremamente feliz a seu lado. Se soubesse o que sei hoje, sem sombra para dúvidas que me teria declarado a ele mais cedo. Não aconteceu antes, mas aproveitamos bem o "tempo perdido". 

Não deixei de ser insegura, mas esse lado melhorou bastante no último ano. A seu lado sinto-me a mulher mais segura do mundo. Afastada dele, pelo contrário, começou a existir um vazio enorme em mim. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens