Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


.


Crises existênciais: Vida Profissional

por *Márcia S.*, em 23.02.19

A realidade em que vivemos hoje em dia não nos permite sermos "esquisitos" quanto a termos um trabalho e quando o temos já nos podemos considerar "sortudos" (mesmo tendo mil e uma queixas a fazer). Porém, as experiências que tive a nível profissional foram dentro da mesma área e deixaram-me com vontade de não repetir. Não é que não ache uma área desinteressante, mas não me vejo a fazer isso a vida toda. Também a forma como os clientes nos tratam (e muitas vezes os superiores) nesta área me levaram a esta opinião.

De qualquer forma, aos 26 anos acho que não arrisquei o suficiente e gostava de o fazer. Admiro imenso quem consegue trabalhar numa área que gosta e se sente realizado com isso. Adorava que assim fosse comigo, mas o medo de arriscar e/ou não saber por onde começar são grandes e confesso que me assustam um bocado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens