Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


.


As pessoas e os nervos

por *Márcia S.*, em 12.08.15

Confesso que sou uma pessoa nervosa, mas já fui muito mais. Tenho conseguido, sem saber bem como, controlar o meu nervosismo. Por vezes acho engraçado, e outras vezes irrita-me profundamente devido a alterar-me a mim também, quando pessoas que são nervosas quase 24h por dia me falam sobre alguma coisa. Por vezes tenho de respirar fundo 5 vezes antes de falar com ela, porque já está prestes a passar-me aquela "carga negativa" a mim também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



2 comentários

Imagem de perfil

Andy Bloig a 15.08.2015

Para controlares os nervos, tens de aprender a ignorar certas coisas e tornar outras em meras palavras. É isso que vais aprendendo, conforme ficas mais madura.
Desde os tempos que andava na escola que os colegas achavam estranho que toda a gente se enervava com os testes, com certas situações e eu andava sempre na brincadeira. Mesmo nas piores das piores situações, não me conseguia enervar. (havia o outro lado que as pessoas acham que por não responder a provocações estava a desafiá-los...)
Explicar como é que faço isto, é das coisas mais complicadas. Simplesmente sei quando as pessoas estão no ponto de quebrar e sei que o meu ponto está fora de qualquer escala. Se reduzo a importância disto e daquilo, consigo esquecer-me da dificuldade. (sempre existiu uma coisa que me deixa nervoso, tomei opções e decisões que me safam disso...)
Basta imaginares que aquela situação até nem é tão complicada como isso. Se te vires "apertada por algo", basta pensares que acabas aquilo e estás safa. Aquelas sequeiras nos olhos, as mãos a tremer, os suores e a irritação, deixam-te mais depressa do que estás a pensar no que fazer.
O melhor mesmo é sentires-te preparada para o que estás a fazer. Quer seja um teste, quer seja um trabalho, quer seja um simples passatempo. Se nunca pensares que vai correr mal, consegues fazer isso sem que o teu sistema nervoso tenha tempo de te começar a atingir.
Quando os outros estão nervosos com algo, em vez de te sentires tocada, devolve a bola para o campo deles. A maioria dos nervos são devidos ao medo de falhar nalguma coisa, se te mantiveres calma, consegues pensar e encontras algo que podes usar para desviar a atenção da outra pessoa daquela situação. Muitas vezes basta um sorriso ou uma frase.
Imagem de perfil

*Márcia S.* a 15.08.2015

Obrigada pelas dicas!
Bom fim de semana. :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens