Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O que me ajudou nesta quarentena?

por ✓MS, em 01.05.20

Não fui nenhum dos casos, felizmente, de quem ficou confirmado com este vírus que invadiu o mundo. No entanto nem tudo é um mar de rosas, o facto de não estarmos doentes com algo que está a contaminar o mundo não significa que a nossa saúde mental ou física esteja impecável 24horas, 7 dias por semana. 

Posso confessar algo? Nesta quarentena senti realmente o que é deixar a mente invadir o nosso corpo e sentir a saúde fragilizar completamente. Desde ansiedade como nunca senti, entrar em momentos de pânico, sentir o corpo todo a tremer e só ter crises de choro. Se falei com alguém? Apenas com o meu namorado! E acreditem que me deu uma ajuda gigante mesmo sem estar lado a lado comigo. Conseguiu tranquilizar-me imenso e fazer-me sentir mais segura.

O exercício físico é outro dos pontos que me consegue ajudar ligeiramente neste aspecto. Não a 100% mas alivia a ansiedade um bom bocadinho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estive uns dias parada, sem fazer exercício físico. Porque também não quero estar a fazer por obrigação e sim porque sinto necessidade de o fazer. Não retomei o exercício físico para perder o peso que ainda tenho a perder. Ou pelo menos não só porque é disso que preciso. Resolvi retomar porque tenho mais tempo livre para tal neste momento e porque realmente me sinto muito bem a fazer nem que sejam uns meros 20 minutos por dia. 

É incrível como mexer o corpo algum tempo por dia me tira parte do stress diário e me faz sentir melhor, mesmo que por meros momentos. Numa fase complicada, como me tenho sentido menos bem, saber que a realizar pequenas coisas me faz sentir um bocadinho melhor é fantástico!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma crise de cabelo e pele

por ✓MS, em 28.04.20

Há algum tempo que ando a ter umas verdadeiras crises tanto com o meu cabelo como com a minha pele. Já tenho há imenso tempo os problemas que vos vou descrever, no entanto, agora na quarentena talvez tenha de lidar mais com eles devido a ter mais tempo para estar atenta a certas coisas que não dava atenção antes.

Em relação ao meu cabelo, tenho imenso um amor ódio por ele. Ele é oleoso e muito sinceramente ainda não encontrei um produto que me lave bem o cabelo ao ponto de eu não ter de o lavar TODOS OS DIAS por ele ficar oleoso de um dia para o outro. Por outro lado, como o meu cabelo é assim mais fino, acaba por embaraçar facilmente, o que faz com que muitas vezes se torne difícil de o pentear. Sim, posso usar um amaciador ou uma máscara que o deixe mais macio e que torne mais fácil de pentear. Porém, o meu cabelo é oleoso e sempre que experimento um desses produtos corre mal. Ele continua oleoso, e por vezes ainda fica oleoso mais rápido que o normal. 

 

Quanto a "uma crise de pele", estamos com um caso "problemático". A minha pele do rosto é mista a oleosa. As minhas pernas têm pele seca. O resto do corpo tem pele normal. E desta esperavam? Praticamente a parte mais complexa da minha pele é o rosto. Não encontro um único creme, máscara ou esfoliante (não importa, não encontro nadinha) que funcione realmente. Ora fazem efeito apenas quando coloco e passado pouco tempo já  tenho a pele literalmente uma porcaria. Ou não sinto diferença rigorosamente nenhuma! 

 

Torna-se um pouco frustrante querer ter um cabelo e pele "normal" e não conseguir porque não acerto em produto nenhum!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há tanto tempo distantes de pessoas que nos são tanto, torna-se um tanto complicado. A distância é tramada. Estamos tão perto e tão distantes ao mesmo tempo. Estamos a uma distância de um clique! Um clique e uma ligação de internet para matar saudades. Muitos devem sentir o mesmo, ou parecido, parece que estamos a muitos km's de distância. Se custa? Custa imenso! Mas temos de saber ser fortes para superar isto. E, certamente, não falta muito para nos abraçamos novamente! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um cafézinho sabe sempre bem certo?

por ✓MS, em 04.04.20

Agora em quarentena parece que temos tempo para tudo e mais alguma coisa, e ao mesmo tempo parece que (por vezes) não nos dá vontade para nada! Já sentiram isso? 

Pessoalmente como ir tomar um café com o namorado ao cafézinho do costume deixou de se tornar uma rotina para nós, acabo por tomar em casa (que sejamos sinceros, sai sempre mais barato)!

 

O momento "café do dia" cai sempre bem! 

 

IMG_20200404_114355.jpg

Agora também estamos no Instagram: @na.primeira.pessoa

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens