Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Nesta fase de quarentena, em que grande parte ficou em casa e muitos outros ainda continua em casa, há e houveram muitas coisas que custaram. Não, não é o não ter ido ao cabeleireiro, eu prórpia dei um pequeno corte no meu cabelo durante a quarentena! O problema é estar em casa? Creio que ao fim de muitas semanas em casa uma pessoa tem aquela sensação de já não ter nada para fazer. Mas, se pensarem bem há uma imensidão de coisas que podem realizar em casa. Afinal de contas, muitos quando estavam a trabalhar desejavam ter tempo para estar mais em casa a descansar. Já descansaram tudo? então podem avançar para outras coisas EM CASA que podem fazer. Não precisam de limpar a casa 24h por dia, também não precisam disso. Mas há sempre alguma coisa para arrumar. Já abriram a vossa dispensa? Está tudo arrumadinho ou será que podem ainda arrumar qualquer coisa que certamente vos vai ocupar por volta de 1h talvez?!

Na minha opinião pessoal, tendo em conta a minha experiência, não me custa estar em casa, até porque é algo de que gosto e sempre gostei. O que mais me custou foi ter de ter estado este tempo todo, e ainda estou, sem ver o meu namorado. Algo que acontecia todos, ou quase todos, os dias. Tinhamos uma vida que encaixava bem uma no outra e conseguiamos ver um ao outro frequentemente. Do nada, tivemos de nos "separar". Sim, há coisas muito piores claramente que sim. Mas tendo em conta que o tema é o que mais custou  na fase de quarentena deixar de fazer, isso foi do que mais me custou pessoalmente. Há outras coisas que consequentemente aconteceram na minha vida, é uma realidade. Mas não é algo que seja da minha vontade partilhar, pelo menos hoje ou para já.

 

Já seguem o Instagram do blog? @na1pessoa

Autoria e outros dados (tags, etc)

.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens