Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Recordar

por ✓MS, em 19.05.16

Gostava de ter mais lembranças de infância. Não que as que tenho sejam más, mas parece que sempre que puxo pela cabeça tenho certas imagens... imagens vagas. Não consigo lembrar de tudo, apenas imagens que aparecem e desaparecem, como o vento. Gostava de ter mais recordações com algumas pessoas. Se gostava! As maiores memórias que tenho são muito mais "recentes". Parece que, aos poucos, a memória me quer fazer esquecer esse passado mais longínquo, deixando-me na dúvida se será por ter sido assim tão mau ou simplesmente "não importa" mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A certa altura tudo começa a fazer sentido. É engraçado que parece que o mundo começa a girar de forma diferente. Soluciona certos pontos e atrapalha outros. Damos coisas como certas e acabamos por ficar entre a espada e a parede... o que era certo tornou-se novamente banal. E o mundo continua a girar, nós continuamos aqui e nada parece ter mudado, teoricamente. Há coisas que mudam, mesmo que interiormente. Há peças que acabam por se juntar, mesmo que sem razão aparente. Há quem não as entenda ou prefira não entender. Torna-se mais fácil achar que se tem o dom da palavra e a razão do nosso lado, rejeitando a ideia de que a nossa felicidade pode passar pela felicidade de outro alguém. Acabam por pequenos sonhos, acabados de sair lá da caixinha, desmoronar-se.

Será possível que entendam que há coisas que fazem sentido para nós que não fazem sentido, nem há obrigatoriedade em tal coisa, para a maioria das pessoas?! Será possível que possamos errar por nós mesmos sem existir alguém sempre a alertar?

Contra tudo e todos, há coisas que não faziam sentido para mim, até hoje! Hoje algumas coisas voltaram a fazer sentido, finalmente! Não quero saber se vai ser, no futuro, um desgosto. Prefiro viver o presente, um dia de cada vez e amanhã... cá estarei para enfrentar o que for preciso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu e as pessoas

por ✓MS, em 12.05.16

Adoro aquelas pessoas que me cativam de tal forma que posso falar com elas horas e horas e existir sempre um novo tema de conversa que nos faz querer falar outras tantas. Adoro que me cativem pelo riso, boa disposição, bom humor e me fazem esquecer que o mundo continua a girar. Gosto que me cativem com uma boa conversa e me deixem a ansiar pela próxima.

São poucas as pessoas que já me cativaram de alguma forma. Umas deram ar de sua graça e desapareceram, como se de um fantasma se tratasse. Outras permaneceram algum tempo, cansaram e desapareceram. E ainda outras, poucas mas mais resistentes, ficaram comigo ao longo dos anos. É a estas últimas que sou leal, são elas que fazem parte de mim e da minha vida. São essas que eu amo e não deixo que se vão abaixo, nem que por um milésimo de segundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não tinha reparado mas...

por ✓MS, em 09.05.16

Não costumava gostar de fazer exercício físico ao fim do dia, sempre preferi a altura da manhã para o fazer. Mas, ultimamente tem sido ao fim do dia que acabo por o fazer. Continuo a achar que de manhã consigo ter mais energia, mas ao fim do dia faz-me ficar tão cansada que me dá muito mais sono e me faz adormecer mais depressa. Acabei por perceber, durante o fim de semana, que passei de 1h para quase 1h 20/30 a fazer exercício. Não sei há quanto tempo já vai assim, mas só dei conta agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como uma mãe

por ✓MS, em 08.05.16

Lembro-me da serenidade que me transmitias apenas com um olhar, das palavras certas na altura certa, do quanto gostavas de mim sem nunca te ter transmitido o quanto gostava de ti, como se fosses minha mãe sabes? O tempo passa a correr e já lá vão uns anos desde que te vi a última vez... a algumas horas de partires. Como o tempo passa... e, na correria do dia-a-dia vai aguentando o coração, não sentindo tanto a perda. O cansaço, no final do dia, não deixa pensar e os dias acabam por voar mas, chega uma altura que é complicado não pensar, não recordar, não sentir. Foste a única pessoa que tratei por "você" pelo respeito que nutria e não por obrigação. Sei que seja lá onde for, te orgulhas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

.




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens