Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Já lá vai o tempo...

por *Márcia S.*, em 22.02.18

Já lá vai o tempo em que conseguia aguentar uma noite mal dormida ou completamente em branco e estar o dia seguinte tranquila e minimamente concentrada no que quer que fosse estar a fazer. Já lá vai o tempo que eu não me importava se dormia pouco ou se não dormia porque na hora de levantar (e digamos que era cedo) eu levantava e estava bem. E mesmo nos tempos em que comecei a trabalhar eu conseguia dormir pouco e ir trabalhar mesmo assim, porém neste ponto eu já notava algum desgaste em mim mesma mas nada que me fizesse não conseguir realizar de forma correcta o que tinha para fazer. 

Hoje, se não dormir bem toda a noite, perco toda a manhã a dormir (vantagem de só começar a trabalhar de tarde). Mesmo colocando o despertador, eu acordo e desligo. Até me posso levantar e tomar o pequeno almoço mas volto a deitar e adormeço até acordar com a sensação de que estou atrasada e a verdade é que calha sempre de estar com o tempo contado mas com tempo para conseguir fazer tudo sem grandes pressas. De qualquer forma, custou, mas acabei por perceber que o meu corpo e a minha mente requerem umas certas horas mínimas de descanso para que eu consiga render durante todo o dia, não só no trabalho como também na minha vida pessoal. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

De regresso ao trabalho

por *Márcia S.*, em 19.02.18
Confesso que no dia em que terminaram as férias e tive de regressar ao trabalho, a primeira coisa que me passou pela cabeça foi que queria mais 15 dias de férias. Passaram a voar, como se nem desse conta disso! Não ia mal disposta, nem tão pouco ia sem energia, mas ia com a sensação de que já não trabalhava há meses e que não ia saber regressar ao ritmo. 

E a primeira semana, após férias, passou e posso dizer que foi bom. Com os seus altos e baixos, com eu a stressar em alguns momentos e querer vir para casa, mas passou. Fui a primeira pessoa do meu turno a gozar férias, e o que tinha para contar era tanto que penso que ainda não falei de tudo. Novidades para serem reveladas, de ambas as partes e no fundo já deu para matar as saudades que tinha. 

 

E agora, posso tirar mais umas férias?! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E se formos viajar?

por *Márcia S.*, em 16.02.18

Há dias estava a pensar em viagens. Aqueles momentos antes de adormecer, em que acabamos por pensar em coisas aleatórias até o sono chegar e nos faz adormecer. Julgo que devo ter estado mais de uma hora até adormecer a pensar em viagens que gostaria de fazer. Os motivos não eram relevantes, sempre gostei de conhecer o mundo fosse de que forma fosse. E, a ideia não me desagrada de ir descobrindo aos poucos, aproveitando o tempo livre quando assim for oportuno até porque ninguém vai aproveitar por mim. Penso que não era capaz de viver em nenhum deles "para sempre", apenas de visita estaria bom. Não viver pelo simples motivo de gostar de estar fixa em um só local e não me imaginar noutro país sem ser o que me viu nascer.

O Japão é sem dúvida um dos primeiros países que me recordo de ter há vários anos uma paixão especial. É a cultura tão diferente, o estranhar a gastronomia, as pessoas serem tão diferentes do que nós estamos habituados. Algo me encanta mas não sei ao certo o quê. 

Um dos países que ganhei uma vontade enorme de conhecer recentemente é a Tailândia. Fiquei curiosa em visitar precisamente por ver uma Youtuber portuguesa que está por lá neste momento. As paisagens são cativantes e provavelmente por isso me chamou a atenção, além da cultura também ser bastante diferente da nossa. 

Penso que estes sejam os dois que mais me cativam a viajar, apesar de gostar de conhecer alguns mais mas penso que estes são os que me imagino a visitar e desejar voltar mais tarde. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens