Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ser quem querem que eu seja

por *Márcia S.*, em 23.12.16

Ao longo dos anos habituei-me a não ter expectativas sobre ninguém. Não esperar nada de ninguém, em parte também de forma a proteger-me e não me apegar tanto às pessoas. Muito devido a isso se tornou mais simples de superar quando querem sair da minha vida. Com o tempo torna-se um tanto faz que prefiram afastar-se. Já não há mágoa nem ressentimento. Afinal, cada um é livre de se manter ou afastar sempre que quiser.

Mas, e quando querem que eu seja assim ou assado? Sinceramente já há muito tempo que não me incomoda o que vão pensando que eu sou. A diferença está em pensarem que sou isto ou aquilo e quererem que eu seja algo que não sou. Ou criarem expectativas do que na realidade não sou. E não, não nego nenhum dos meus defeitos, não os escondo e se necessário sou a primeira a dizer quais são.

Se há coisa que já faz muito tempo que não permito é que me tentem mudar da forma que lhes já mais jeito ou lhes é mais conveniente.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Malik a 23.12.2016 às 12:06

Só podemos ser quem somos. Se alguém me quer "moldar" é porque não gosta de mim...
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 25.12.2016 às 12:21

Isso mesmo que eu penso :)
Imagem de perfil

De Andreia a 23.12.2016 às 18:08

O blog mudou um bocadinho de "cara" ou eu é que já não venho cá há algum tempo ou ainda não reparei nisso?
Está lindo. Gosto imenso das cores e do seu toque tão teu, tão simples, tão acolhedor.
Este post, para mim, é dos que mais gostei. Talvez porque escreveste aquilo que eut ambém já decidi fazer.
O clique surgiu em mim quando li "O Santo, o Surfista e a Executiva". Foi aí que percebi que a culpa de me desiludir com as pessoas é inteiramente minha. Quando temos expectivas sobre alguém, estamos a projetar nessa pessoa algo que ela pode efetivamente não ser. E essa pessoa não tem culpa. Nós é que acreditamos que aquela pessoa teria algo para nos oferecer que não tem. Programamos as suas atitudes e afinal vimos que não era tudo assim tão linear...
E outra coisa de loucos é moldarmos a nossa personalidade mediante as opiniões dos que nos rodeiam. É muito difícil não o fazermos, mas tem vindo a tornar-se mais fácil ao longo do tempo. Nós estamos aqui para sermos felizes não para sermos pessoas adoradas por todos. De nada nos vale ser as pessoas que os outros querem que sejamos se não formos felizes.
Gosto imenso da tua atitude, ainda mais das palavras!
Obrigada, gostei genuinamente deste texto.
Um grande beijinho!!
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 25.12.2016 às 12:25

Já está assim faz algum tempo, eu é que andei uns tempos "afastada" de publicações. Obrigada, ainda bem que gostas :)

Concordo a 100% com tudo o que escreveste, por isso mesmo não me importa minimamente se quem me rodeia gosta muito ou pouco de como eu sou. Se não fosse assim como sou não seria eu. Se não formos nós mesmos como podemos ser felizes?

beijinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens