Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Penso em ti todos os dias

por *Márcia S.*, em 26.04.17

Maioritariamente damos valor a pessoas após as perdermos da nossa vida (muitas vezes definitivamente). Talvez seja das formas mais cruéis de aprendermos a valorizar alguém, mas o que é certo é que se torna uma forma eficiente de aprendermos a lição. Provavelmente nunca pensei que isso alguma vez fosse acontecer realmente comigo... Típico pensamento de quem nunca perdeu alguém extremamente importante não? Há uns anos perdi, definitivamente, alguém extremamente importante na minha vida. Alguém que era uma espécie de segunda mãe para mim, alguém que me tratava como filha. Há uns anos perdi, definitivamente, alguém que numa hipótese remota nunca pensei perder. Não me recordo de algum dia pensar "eu vou perder-te", pelo menos tão cedo. Não naquela altura, não quando tinha tudo na minha vida virado ao contrário. Não quando eu mais precisava de sentir aquela presença maternal ali bem perto de mim.

Mesmo tendo sido alertada para a proximidade da sua morte, só caí realmente em mim quando entrei em choque com a noticia da sua morte. Provavelmente isso fez-me pensar na força que eu teria de ter para seguir a minha vida sem aquela presença tão importante para mim. Desde então que não existe um único dia que não pense realmente nela, no quanto ainda é importante para mim, em muitas palavras que me disse.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Melhor Amiga Procura-se a 26.04.2017 às 18:01

Nunca estamos preparados para a morte de alguém próximo...
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 28.04.2017 às 11:32

Exactamente, é sempre algo "novo" infelizmente.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens