Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


É tudo uma questão de amor

por *Márcia S.*, em 27.05.16

Já passei por aquela fase em que me anulava e amava mais os amigos, a família... os falsos amigos. Apesar de no fundo, bem lá no fundo, saber que de amigos pouco tinham eu amava-os. Todos me acrescentavam algo, fosse bom ou mau mas todos me acrescentavam algo novo. Nunca  foi bom para mim ser assim, por fora sorria e por dentro transbordava de infelicidade. Mas nada me fazia mudar, amar-me primeiro a mim e só depois aos outros. Nada parecia correr mal, aos olhos de terceiros. Era uma miúda feliz, diferente mas feliz... sorria sempre para um elogio ou uma critica, não tinha queixas a fazer e tudo parecia um mar de rosas, um jardim florido... aos olhos de quem me observava. Não era visível o sofrimento que estava por trás de cada palavra amiga, as lágrimas que engolia por trás de um sorriso, as noites mal dormidas por me querer tornar uma pessoa melhor. Uma pessoa melhor para mim mesma, porque só me matava aos poucos enquanto tornava vivos todos os que me rodeavam. Uma pessoa melhor... sonhei tanto e tanto com isso. Uma pessoa melhor, capaz de se amar, de amar os outros e ser feliz com os seus sonhos. Uma pessoa melhor, capaz de lutar e vencer. Uma pessoa melhor, capaz de ajudar depois de se ter ajudado a si mesma. Uma pessoa melhor, apenas isso... uma pessoa melhor!

"Num mundo cruel, os bons são sempre os maus da fita", repeti isto tantas vezes para mim mesma de cada vez que me sentia pisada por alguém. De cada vez que, após um acto de bondade, recebia ingratidão e maus actos, más palavras. Eu sabia o que tinha de fazer, sabia mas nada fazia. "Completamente masoquista!", pensei eu tantas vezes sem tão pouco fazer o esforço por mudar. Mas mudei. Hoje prefiro ser a má da fita, mas transbordar de felicidade... mesmo que a vida tente mostrar-me mil e um caminhos infelizes, eu batalho por transbordar... felicidade!

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Sr. Solitário a 27.05.2016 às 11:04

Bonitas palavras.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 27.05.2016 às 14:02

Boa escolha mas, não precisas de ser a má da fita.
Infelicidade existe em tudo. Podes ser a boazinha mas, com os limites dispostos ao teu gosto. Quem não os passar, tem-te ao lado para conversar como iguais... quem os ultrapassa, passa a fazer parte da paisagem.
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 28.05.2016 às 11:04

A paisagem já vai grande

Mas sim, tens razão!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens